E-RN 800x105

Corpo em decomposição encontrado em Angicos é mesmo do angicano "Patim" desparecido há três meses

Por Rogério Magno em 07/04/2021 às 08:36:31

A reportagem do Portal de Noticias CNRN recebeu a confirmação na manhã desta quarta-feira, dia 07 de abril que o corpo em avanço estado de decomposição que foi encontrado na manhã de ontem, dia 06 por um popular em uma fazenda localizada na estrada que dá acesso a comunidade rural do Rio Velho é mesmo do angicano Expedito Mirando de Souza Filho, mais conhecido como "Patim" que estava desaparecido desde o dia 22 de dezembro do ano passado quando foi visto pela última vez justamente caminhando por aquele setor, nas proximidades do Campus da Ufersa.

O popular que encontrou o corpo em decomposição na manhã da terça-feira (06) acionou a policia civil de Angicos, na oportunidade os policiais foram até o local para confirmar a informação e vendo que se tratava de um fato verídico acionaram o Instituto Técnico e Cientifico de Pericia (ITEP) para fazer a remoção e possível reconhecimento através de laudo cadavérico.

Na oportunidade dois irmãos de "Patim" estiveram no local e nos disseram que reconheceram o corpo do mesmo pela vestimenta que ele estava no dia em que despareceu, pois parte desta ainda estava intacta.

Mesmo assim os peritos do ITEP da cidade de Mossoró agindo de maneira responsável e com alto profissionalismo levaram os restos mortais encontrados para realização de pericia e conseguintes confirmações se eram mesmo do corpo do angicano desparecido há três meses.

Na manhã desta quarta-feira, dia 07 recebemos a informação por parte de uma irmã de "Patim" que o ITEP havia confirmado que os restos mortais encontrados são mesmo dele e que liberaram para que a família realizasse um sepultamento digno. Ainda de acordo com o que a irmã da vitima nos relatou o ITEP dentro de aproximadamente 30 dias deverá liberar outro laudo, desta vez com a causa da morte de "Patim".

O sepultamento de "Patim" foi marcado para acontecer às 11 horas da manhã desta quarta-feira (07) saindo da residência dos seus familiares na Rua Genésio Tibúrcio da Costa no Bairro Alto da Alegria para o cemitério público de Angicos.

NOTA DO BLOG: Aos familiares ficam os nossos sentimentos, pois estes ainda nutriam a esperança de encontrar "Patim" com vida. E nós que acompanhamos o caso pari-passo também tínhamos essa esperança, que infelizmente, foi descartada. Desejamos que Deus em sua infinita misericórdia conceda o descanso eterno a "Patim" e também conforte os seus familiares.

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários