Mobilização cobra fim dos despejos de Ibaneis Rocha no Distrito Federal

Por Everaldo Alexandre em 06/05/2021 às 20:54:28

Mais de 200 pessoas entre moradores de v√°rias ocupa√ß√Ķes e movimentos populares realizaram um ato na manh√£ desta quinta-feira (6) na frente do Pal√°cio do Buriti, no Distrito Federal, contra a política do governo de Ibaneis Rocha (MDB), que vem promovendo sucessivos despejos na capital em plena pandemia.

De acordo com a Secret√°ria de Estado da Saúde, o Distrito Federal soma mais de 6 mil mortes pela covid-19 e tem apenas cerca de 14% da popula√ß√£o vacinada.

Mesmo assim, o governo local promoveu mais de 135 a√ß√Ķes de despejo só na última semana de abril. Os dados s√£o da Secretaria de Estado de Prote√ß√£o da Ordem Urbanística, conhecida como DF Legal.


Seguindo as recomenda√ß√Ķes sanit√°rias, a mobiliza√ß√£o reuniu manifestantes que protagonizaram, nos últimos meses, cenas dram√°ticas de remo√ß√Ķes. Ao Brasil de Fato, eles falaram sobre a violência do Estado e a falta de políticas públicas efetivas de moradia.

Veja também: Despejos de vulner√°veis continuaram durante a pandemia em 2020, diz relatório

Como relata Iv√Ęnia Sousa, catadora de materiais recicl√°veis, que participou da mobiliza√ß√£o e sofreu com as a√ß√Ķes de despejo: “Esses atos do GDF [Governo do Distrito Federal] maltratam muito as mulheres, porque somos nós que estamos na frente dessas ocupa√ß√Ķes. Nós sofremos preconceito da polícia, do governo e queremos manifestar os nossos direitos.”

Ela integra a Ocupa√ß√£o CCBB, localizada a um quilômetro do Pal√°cio do Planalto, e que nós últimos quatro meses j√° sofreu seis a√ß√Ķes de remo√ß√£o, a última, inclusive, ocorreu durante o ato desta manh√£.

Além de lutarem contra as remo√ß√Ķes, os manifestantes também cobram por moradia definitiva, a convoca√ß√£o de concursados da assistência social e o fim da criminaliza√ß√£o de ativistas e movimentos.

“A gente t√° aqui hoje reivindicando pela nossa vida, pelo nosso direito de moradia segura. Porque é nosso direito, nós entendemos isso, por isso estamos aqui hoje”, afirma Francisco Guajajara, residente da Aldeia Tekohaw.

:: Leia também: Pris√£o de militante durante resistência a despejo gera protesto em Brasília ::

O deputado estadual, F√°bio Felix (PSOL), relembra que h√° uma lei que veda os despejos, especialmente aqueles que j√° estavam previstos antes da pandemia.

"O absurdo é completo. É muito importante que as famílias se manifestem para que n√£o se naturalize esse tipo de ato promovido pelo GDF, que prioriza o trator no pior momento da pandemia", analisa o parlamentar.

A expectativa do ato era solicitar uma audiência com o governador para conversar sobre as principais demandas, mas Rocha n√£o atendeu os manifestantes.

O Brasil de Fato entrou em contato com o governador Ibaneis Rocha (MDB) e DF Legal para obter posicionamento sobre os despejos durante a pandemia, mas n√£o obteve resposta até o fechamento da reportagem.

Fonte: Brasil de Fato

Comunicar erro
Jota Edilson

Coment√°rios