GOVERNO DO RN 2

Escritora cearense Dia Nobre lança em live o livro "No útero não existe gravidade"

Por Rogerio Magno em 26/05/2021 às 10:16:55

Em seu segundo livro, “No útero não existe gravidade”, Dia Nobre desenterra as chagas íntimas e sociais das mulheres. A obra é talhada por histórias de filhas, mães, avós, mulheres que conheceram o peso de ser mulher muito cedo e seguem uma jornada de busca de si, tentando construir novas de referências.

O lançamento virtual acontece no canal da Editora Penalux no Youtube nesta quarta-feira (26) às 19h, com mediação da booktuber Tamy Ghannam, graduada em Letras, crítica literária e pesquisadora de narrativas brasileiras contemporâneas.

:: Cida Pedrosa: “O poema pode mudar o mundo” ::

A obra é uma ficção híbrida que aborda o tema do abandono materno e seus reflexos na vida de uma mulher que busca entender as razões da fuga da mãe, ao passo que lida com os traumas gerados pelo desamparo. Também se discute a relação entre mães e filhas e a pressão social que existe sobre a mulher no que diz respeito à maternidade.

O enredo trata dos dilemas gerados pelo abandono e discute os efeitos desses acontecimentos na saúde mental da personagem. É um livro sobre como as mulheres tentam caber dentro de si mesmas e vão se tornando cada vez menores para que sejam encaixáveis e não deixem à mostra os desejos, o ímpeto de vida, o impulso de morte.

Sobre a escritora

Dia Nobre é escritora e professora adjunta do curso de história da Universidade de Pernambuco em Petrolina, desenvolvendo projetos ligados à literatura, história, lesbianidades e feminismo.

:: Livro “Continuo Preta” conta vida de Sueli Carneiro, história na 1ª pessoa do plural ::

Possui dois livros publicados na área da pesquisa histórica, “O teatro de Deus e Incêndios da Alma”, tendo recebido três prêmios por este último, incluindo o Prêmio Capes de Teses (2015). Seu primeiro livro de prosa poética, “Todos os meus humores”, foi publicado em junho de 2020 pela Editora Penalux.

Fonte: Brasil de Fato

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários