cnrn

Opep e aliados concordam com aumento da produção de petróleo para amenizar alta nos preços

Por Nilton Macedo em 18/07/2021 às 11:40:41
Serão produzidos, a partir de agosto, 400 mil barris a mais por dia até o final de 2022 Opep pretende aumentar gradualmente a produção de petróleo nos próximos meses

Gregory Bull/AP/Arquivo

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados, liderados pela Rússia, concordaram neste domingo (18) em aumentar a produção a partir de agosto para amenizar a alta do preço do produto enquanto o mundo tenta se recuperar da pandemia.

Serão 400 mil barris a mais por dia até o final de 2022, segundo comunicado do grupo conhecido como Opep+. A disputa recente entre os países causou turbulência no valor do petróleo.

Maiores produtores de petróleo do mundo vão aumentar a produção

O anúncio veio após uma negociação complicada entre os integrantes, como os Emirados Árabes Unidos (EAU), que impunham entraves nos acordos.

Após a reunião, em que foram definidas novas cotas de fornecimento do produto, o ministro de Energia dos EAU, Suhail bin Mohammed al-Mazroui, disse estar satisfeito com a decisão.

Ele não especificou, no entanto, como os países chegaram ao acordo.

Redução na pandemia

Em 2020, a organização se viu forçada a diminuir a produção de um patamar recorde.

Isso porque as políticas públicas para controlar a propagação do novo coronavírus, como o fechamento de cidades e distanciamento social, diminuíram a demanda por combustíveis.

Primeiro, a Opep diminuiu a produção para 9,7 milhões de barris por dia. Em seguida, para 7,7 milhões e, finalmente, para 7,2 milhões a partir de janeiro.

Fonte: G1

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários