cnrn

Cuba começa a vacinar grávidas e lactantes com fórmula Abdala

Por Everaldo Alexandre em 29/07/2021 às 15:26:00

Cuba iniciou a vacinação de mulheres grávidas, puérperas e lactantes nesta quinta-feira (29), com a fórmula Abdala. Etapa iniciará com mulheres a partir de 19 anos, entre dois e três meses de gestação. Em pouco mais de um mês de campanha de vacinação, 9.085 milhões de doses foram aplicadas entre a Abdala e a Soberana 02, duas das cinco fórmulas em produção na ilha.

A ilha continua atravessando um boom da pandemia. Nas últimas 24h foram registrados 8.607 novos casos e 68 óbitos por covid-19. Na terça-feira (27), o país bateu o recorde desde o início da emergência sanitária, com mais de 9 mil contaminados. No total, são 366.985 casos e 2.628 falecidos pela doença, segundo o Ministério de Saúde Pública.

Somente em 2021, a cifra de gestantes e puérperas contaminadas subiu para 2 mil, enquanto durante toda a pandemia haviam sido registradas 110 infectadas.


Vacina Abdala, produzida em Cuba, será aplicada em grávidas e lactantes / Yamil Lage / AFP

:: Cuba e Venezuela anunciam criação de banco de vacinas contra a covid-19 ::

O diretor de Epidemiologia do Ministério de Saúde Pública, Francisco Durán García afirmou que o momento é muito grave e as pessoas devem retomar o cumprimento das medidas sanitárias.

"Hoje podemos falar de alguns indicadores que diminuíram, mas ainda há uma transmissão muito elevada. Com o aumento de casos, vem os falecidos e realmente é muito difícil o que estamos enfrentando", afirmou o médico.

As autoridades sanitárias cubanas indicam que a presença de novas variantes do vírus seria a principal causa do aumento dos contágios.

Fonte: Brasil de Fato

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários