cnrn

RN e outros 5 estados estão sem vacina da AstraZeneca para segunda dose

Para quem precisa da segunda dose, já foi liberada a substituição pela vacina da Pfizer, a partir da próxima segunda-feira 13

Por Rogério Magno em 12/09/2021 às 10:41:57

Seis estados registram falta da vacina AstraZeneca para segunda dose da imunização contra Covid-19. Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Tocantins e Rondônia informaram que há indisponibilidade do imunizante e aguardam envio de mais doses por parte do Ministério da Saúde.

O governo paulista, por exemplo, justificou que recebeu um milhão de doses a menos. O Ministério da Saúde afirma que entregou todas as doses e que o problema foi a utilização de AstraZeneca destinada à segunda dose para imunizar as populações mais jovens.

A vacinação com o imunizante da AstraZeneca está paralisada. Para quem precisa da segunda dose, já foi liberada a substituição pela vacina da Pfizer, a partir da próxima segunda-feira 13. Mas as doses disponíveis, para isso, podem não ser suficientes.

O diretor da Sociedade Brasileira de Imunização, Renato Kfouri, diz que o ideal é completar a imunização com o mesmo imunizante, mas que a combinação de vacinas é segura.

"Quando não dispomos do mesmo produto, entre não vacinar essa pessoa ou utilizar uma vacina de diferente produtor é sempre preferível terminar o esquema. A experiência acumulada em diversos estudos mostram que iniciar com Pfizer e terminar com AstraZeneca ou vice e versa leva a uma resposta imune bastante robusta e é absolutamente um esquema seguro", destaca Renato Kfouri.

Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que não deve vacinas para segunda dose a nenhum estado brasileiro e que a distribuição está dentro do previsto. E que não há como garantir doses para os estados que não seguirem o plano nacional de imunização.

*Com informações do Jornal Nacional.

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários