GOVERNO DO RN 2

Honduras volta às urnas em elei√ß√£o marcada por repress√£o e anticomunismo

Por Rogerio Magno em 28/11/2021 às 12:09:08

A popula√ß√£o de Honduras escolhe neste domingo (28) seu próximo presidente, 28 deputados ao Congresso Nacional, 298 prefeitos e 20 deputados ao Parlamento Centro-Americano. O pleito, todavia, tem sua legitimidade questionada por organiza√ß√Ķes de direitos humanos e pela oposi√ß√£o por conta de viola√ß√Ķes de direitos humanos e dúvidas sobre a lisura do processo.

Em 2017, o atual presidente Juan Orlando Hern√°ndez conseguiu sua reelei√ß√£o. O resultado, contudo, é questionado pela oposi√ß√£o, que afirma ter ocorrido uma fraude. A Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas (ONU) emitiu nota criticando o "uso excessivo da for√ßa" contra manifestantes que tomaram as ruas em protesto contra o resultado do pleito. A repress√£o contra essas manifesta√ß√Ķes deixou ao menos 22 mortos.

Em 2009, o país atravessou outro episódio traum√°tico quando o ent√£o presidente Manuel Zelaya foi afastado do poder por um golpe de Estado. O governo que substitui Zelaya foi prontamente reconhecido pelos Estados Unidos.

Após a saída de Zelaya, o país passou por processos de privatiza√ß√Ķes promovidos pelo Fundo Monet√°rio Internacional (FMI) em setores como √°gua, energia, minera√ß√£o e saúde.

:: 'H√° uma continuidade do golpe de Estado de 2009 em Honduras', diz Manuel Zelaya ::

Honduras tem cerca de 9,5 milh√Ķes de habitantes e faz fronteira com Guatemala, El Salvador e Nicar√°gua. A agricultura é o setor mais importante da economia de Honduras, com destaque para o cultivo de café, banana e azeite de dendê.

De acordo com pesquisa da Universidade Nacional, 73% da popula√ß√£o do país est√° abaixo da linha da pobreza, 52% da popula√ß√£o est√° na pobreza extrema, 72% da popula√ß√£o est√° na economia informal e o número de pessoas que migram para fora do país disparou.

Qual é o cen√°rio das elei√ß√Ķes?

O pleito tem 14 candidatos, mas os favoritos são Nasry Asfura, do governista Partido Nacional, e a oposicionista Xiomara Castro, do Partido Liberdade e Renovação.

Castro é esposa de Zelaya, o presidente afastado em 2009, e pode ser a primeira presidenta do país. Ela prop√Ķe reformular as leis de aborto do país para que a interrup√ß√£o volunt√°ria da gravidez seja possível em casos de estupro, inviabilidade do feto e risco de vida para a gestante.

A lei em Honduras n√£o permite qualquer tipo de aborto.

:: An√°lise | A “maré verde” da descriminaliza√ß√£o de abortos na América Latina ::

Castro também defende o estabelecimento de rela√ß√Ķes diplom√°ticas com a China. Hoje, Honduras faz parte de uma pequena lista de países que reconhece Taiwan como uma na√ß√£o independente, medida contestada pela diplomacia de Pequim.

J√° Asfura tem apostado no discurso anticomunista para atacar Castro. Cartazes foram espalhados pelo país afirmando que a candidata do Partido Liberdade e Renova√ß√£o é comunista e anúncios na televis√£o a retratam ao lado do ex-presidente venezuelano Hugo Ch√°vez.

Manifesta√ß√Ķes contr√°rias ao direito ao aborto e de ataque contra Castro também foram registradas.


No cartaz: "Sim para a vida, n√£o para Xiomara (Castro). #N√£osouumassassino. / Peoples Dispatch

A revers√£o do golpe

Gilberto Ríos, ativista e candidato do Partido Liberdade e Renova√ß√£o, afirma que o golpe contra Zelaya em 2009 significou o fim da onda de governos progressistas na América Latina e que a farsa foi perpetuada por processos eleitorais fraudulentos em 2013 e 2017.

"Nosso problema n√£o é ganhar da direita, mas ganhar da fraude", diz Ríos ao Peoples Dispatch.

Ismael Moreno, também conhecido como Padre Melo, é um jesuíta e diretor da R√°dio Progreso. Para ele, h√° uma campanha de medo promovida pelo governo para tentar dissuadir as pessoas de participar do processo eleitoral.

"Acredito que cabe à sociedade hondurenha e às organiza√ß√Ķes sociais e populares n√£o só ir votar, mas acompanhar a apura√ß√£o nas se√ß√Ķes eleitorais, falar sobre qualquer tipo de abuso, de irregularidade que possa estar relacionada a uma fraude", avalia Moreno.

* Com informa√ß√Ķes de Zoe Alexandra, do Peoples Dispatch

Fonte: Brasil de Fato

Comunicar erro
Jota Edilson

Coment√°rios