GOVERNO DO RN 2

Com Covid, presidente tcheco participa da posse de premiê em 'jaula' plástica; veja VÍDEO

Por Rogerio Magno em 28/11/2021 às 15:09:21
Petr Fiala foi nomeado novo primeiro-ministro. Constituição do país obriga o presidente a confirmar a indicação em cerimônia oficial. Milos Zeman recebeu diagnóstico positivo para a Covid-19 na quinta-feira (25) e chegou a ser internado. Ele recebeu alta mas segue infectado – e transmitindo. Com Covid, presidente tcheco participa da posse de premiê em 'jaula' plástica

O presidente da República Tcheca, Milos Zeman, participou neste domingo (28) da cerimônia de posse do premiê, Petr Fiala, em uma "jaula" plástica por estar infectado com Covid-19.

Zeman recebeu diagnóstico positivo para coronavírus na quinta-feira (25), e chegou a ser internado. O político recebeu alta para participar do evento – mas segue com o vírus, e transmitindo.

Petr Fiala já era esperado como o novo primeiro-ministro e aguardava a confirmação de sua nomeação pelo presidente.

LEIA TAMBÉM:

Lockdown, passaporte com validade e vacinação: os esforços da Europa para deixar de ser epicentro da Covid

Oposição vence eleições na República Tcheca; comunistas ficam fora do Parlamento pela 1ª vez

Segundo a Constituição do país, é obrigação do presidente a de confirmar a indicação do Parlamento. Debilitado, Zeman, de 77 anos, estava também em uma cadeira de rodas.

Presidente da República Tcheca, Milos Zeman, é "enjaulado" durante posse do premiê por estar com Covid-19 participa da posse de premiê em 'jaula' de vidro

Cortesia/Presidência da República Tcheca

A cerimônia aconteceu na residência de Zeman no castelo de Lany (ao oeste de Praga) e foi transmitida ao vivo na televisão.

Fiala, um ex-cientista político, enfrentará a tarefa de lidar com uma das maiores taxas de infecção por Covid-19 do mundo, incluindo um caso da nova variante ômicron.

Comunistas fora do Parlamento pela 1ª vez

As eleições parlamentares da República Tcheca, em outubro, abriram caminho para partidos de centro-direita e liberais formarem um governo, derrubando o atual primeiro-ministro, o magnata Andrej Babis — o maior derrotado desta votação.

Os resultados também impuseram uma derrota contundente aos comunistas, tradicionais no país desde os tempos da antiga Tchecoslováquia. Pela primeira vez desde que a República Tcheca se separou da Eslováquia em 1993, o grupo ficará de fora do Parlamento.

Líder do partido Spolu (Juntos), Petr Fiala comemora resultado nas eleições da República Tcheca deste sábado (9), que podem dar a ele o cargo de primeiro-ministro

Darko Bandic/AP Photo

As conquistas dos partidos liberais, pró União Europeia, impõem uma forte derrota ao governo de inclinação populista de Babis.

O partido de Petr Fiala fez aliança com os outros partidos liberais, de centro-esquerda e centro-direita para conquistar 108 assentos — ou seja, a maioria necessária para governar a República Tcheca.

Fonte: G1

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários