TerraBit Tec

'Beijo do Baikal': a nova caipiroska siberiana

Por Rogerio Magno em 23/01/2022 às 14:00:49
Primeiro, uma chave de fenda é usada para cortar um buraco no gelo, parecendo um copo de shot. Em seguida, é derramada ali bebida alcoólica — licor, vodca, conhaque, champanhe ou vinho. O turista então se deita sobre o gelo e bebe sua dose. Beijo de Baikal

Reprodução/Instagram/olkhon38

Imagine só: dezenas de turistas deitados no gelo do maior lago do mundo, sugando sem parar algo que não é sua água. Sim, há uma explicação quase racional para isso!

Os turistas russos têm postado fotos incomuns nas redes sociais deitados no gelo Baikal e lambendo ou sugando alguma coisa de um tubo grudado no gelo: “O Beijo do Baikal”.

'Beijo do Baikal': a nova caipiroska siberiana

Reprodução/Instagram/ kulagin.travel

A brincadeira foi inventada por guias turísticos em 2019, inicialmente para turistas chineses, mas depois também se ficou popular entre os russos. "O Beijo do Baikal" é apresentado como um rito de iniciação aos "Amantes do Baikal":

Primeiro, uma chave de fenda é usada para cortar um buraco no gelo, parecendo um copo de shot.

Em seguida, é derramada ali bebida alcoólica — licor, vodca, conhaque, champanhe ou vinho.

O turista então se deita sobre o gelo e bebe sua dose.

'Beijo do Baikal': a nova caipiroska siberiana

'O Beijo do Baikal' é apresentado como um rito de iniciação aos 'Amantes do Baikal'

Reprodução/Instagram/ puli__ot__babuli

Seguindo o novo ritual, o coquetel tem que ser bebido sem canudo, com os lábios tocando o Baikal — mas tem também quem rompa a nova tradição e use um canudinho.

O "beijo" é servido com frutas silvestres ou, mais raramente, até com fatias de limão ou tangerina (praticamente uma caipirinha siberiana!).

"Foi divertido beber do buraco no gelo e todos gostaram muito. No terceiro dia de viagem, fizemos novos buracos nós mesmos e "beijamos Baikal"”, conta a turista Ksênia.

Outra turista, Anna, disse que o "beijo" a animou.

"O "beijo" me encorajou. Encontrei no Baikal forças e comecei minha pequena jornada de autodescoberta. Só de olhar para o gelo do Baikal já é um prazer e traz até uma paz de espírito na gente", disse Anna.

Fonte: G1

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários