TerraBit Tec

Policial penal é morto a tiros e facadas em bar no interior do RN

Crime aconteceu por volta das 23h30 desta sexta-feira (2) em Nova Cruz

Por Rogerio Magno em 03/07/2022 às 11:59:43
Policial penal é morto a tiros e facadas em bar no interior do RN - Foto: Reprodução

Policial penal é morto a tiros e facadas em bar no interior do RN - Foto: Reprodução

Um policial penal identificado como Josinaldo Santos de Queiroz foi assassinado a tiros e facadas em um bar localizado na cidade de Nova Cruz, no Agreste potiguar, onde morava e era lotado. O crime aconteceu na noite desta sexta (2), por volta das 23h30.

De acordo com a Polícia Militar, o agente estava bebendo no estabelecimento quando o acusado de cometer o crime chegou e se juntou a ele. Imagens de segurança do bar mostram o momento em que o homem puxa a arma da cintura do policial penal e dispara três vezes contra o mesmo. O acusado sai da cena por um instante e, ao retornar, aplica vários golpes de faca na vítima já caída ao chão, em frente a testemunhas.

Após o crime, o homem ainda roubou a motocicleta da v√≠tima. Informa√ß√Ķes da PM apontam que no local de fuga do acusado foi apreendida uma arma de calibre 12.

Em nota, a Secretaria da Administra√ß√£o Penitenci√°ria (SEAP) prestou solidariedade aos familiares, amigos e colegas do policial penal "brutal e covardemente assassinado". "Desde que tomou ci√™ncia do fato, a SEAP mobilizou efetivo para irrestrito apoio às pol√≠cias Civil e Militar nas primeiras dilig√™ncias, com o intuito de localizar e prender o homicida. Forte aparato policial foi disponibilizado para a regi√£o de Nova Cruz e ordem é para que a mobiliza√ß√£o n√£o cesse até a pris√£o do acusado, j√° identificado pelas for√ßas de seguran√ßa. A not√≠cia da morte provocou forte como√ß√£o e consterna√ß√£o pela forma tr√°gica e lament√°vel. A perda do policial n√£o atinge apenas a institui√ß√£o, mas toda sociedade", disse.

Josinaldo Santos era natural da Bahia e trabalhava h√° 12 anos no Sistema Penitenci√°rio do RN. Quem tiver informa√ß√Ķes sobre o paradeiro do acusado pode utilizar o n√ļmero 181 da Pol√≠cia Civil que ter√° a identidade e o anonimato garantido.

Fonte: Novo Noticias

Comunicar erro
Jota Edilson

Coment√°rios