Matrículas para estudantes com necessidades específicas iniciam nesta quarta (22)

Na rede estadual, as matrículas para novos estudantes com necessidades educacionais específicas serão realizadas no período de 22/11 a 08/12 pelo portal do Sigeduc

Por Rogerio Magno em 21/11/2023 às 18:46:57
Créditos: Reprodução

Créditos: Reprodução

A Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC), em parceria com a União dos Dirigentes dos Municípios do Rio Grande do Norte (Undime), realizou o lançamento da matrícula antecipada para estudantes com necessidades educacionais específicas (NEE) 2024. O evento, realizado em forma de seminário virtual, teve como objetivo principal refletir sobre a configuração da modalidade de Educação Especial inclusiva, promovendo uma abordagem equitativa, transversal e colaborativa entre os envolvidos.

Na rede estadual, as matrículas para novos estudantes com necessidades educacionais específicas serão realizadas no período de 22/11 a 08/12 pelo portal do Sigeduc, plataforma online de gestão educacional, disponível em www.sigeduc.rn.gov.br. Em 2024, a ação ocorre em articulação com a Undime, visando aprimorar a organização das redes estaduais e municipais de ensino do Rio Grande do Norte para melhor atender às especificidades educacionais dos estudantes.

"É essencial que nossas escolas tenham essa matrícula realizada com antecedência para que possamos pensar estrategicamente e proporcionar às escolas a organização dos recursos necessários à acessibilidade pedagógica, física e linguística", frisa a professora Socorro Batista, secretária de Educação do RN.

Destinado ao público composto por Secretários de Educação do Estado e dos Municípios do RN, Gestores das Diretorias Regionais de Educação (Direcs), Coordenadores Pedagógicos das Direcs, Supervisores de Educação Especial e Diversidade, bem como técnicos da pasta de Educação Especial, o seminário "busca fortalecer a colaboração entre os diversos agentes envolvidos na promoção de uma educação inclusiva e de qualidade", conforme declara a professora Maria do Carmo, subcoordenadora de Educação Especial da SEEC.

Fonte: Portal Diário do RN

Comunicar erro
Duxote

Comentários