Terra-Bit

Ministério da Saúde entrega 823 respiradores a 16 estados do país

Brasil no cenário globalO secretário substituto de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, abordou a posição do país nos rankings internacionais quando [...]

Por Rogério Magno em 18/05/2020 às 21:27:11

Brasil no cenário global

O secretário substituto de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, abordou a posição do país nos rankings internacionais quando considerados os índices em proporção à população.

"O Brasil está em quartoem número de casos confirmados e sextoem mortes confirmadas. Quando observamos taxa de mortalidade, fica em 18º. E na incidência, em 38º considerando só países com mais de 1 milhão de habitantes", disse.

Ao comparar a dinâmica da evolução da doença em outros países, o secretário afirmou que há uma dinâmica clara no território nacional. A linha mostra um tendência de subida, e não de descida, perdendo para os Estados Unidos, epicentro da pandemia no mundo.

Situação epidemiológica da covid-19 no mundo.

Situação epidemiológica da covid-19 no mundo. - Ministério da Saúde


Hospitalizações

No ano passado, foram registradas 45 mil hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Brasil. Em 2020,até a semana epidemiológica 20, foram registradas 139.622 internações por SRAG no país, sendo 39.064 por covid-19 e 1.792 por influenza.

Ainda há 47 mil hospitalizações por SRAG em investigação e outras 48,7 mil por SRAG considerado "não identificado". Segundo Eduardo Macário, a categoria "não especificada" envolve uma evolução que demanda hospitalização mas não se identifica um vírus ou bactéria.

Em relação à demora nas investigações, o secretário Macário disse que o Ministério da Saúdeorientou os estados para analisar os novos casos, mas "não deixar de olhar o passivo, até para a gente definir quando esses casos começaram no Brasil".

Mortes por covid-19

Dos pacientes que faleceram, 69% têm acima de 60 anos. No quesito cormobidades, 64% apresentam alguma doença, como cardiopatias, diabetes, doenças renais ou condição neurológica. No recorte por cor, 47,3% são eram pardos, 43,1% eram brancos, 7,5% eram pretos, 1,7% eram amarelos e 0,5% eram indígenas.

Vacinação contra a gripe

De acordo com o secretário substituto de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, 43 milhões de brasileiros foram vacinados contra a gripe. A 1ª fase teve início em 23 de março e focou idosos. A 2ª fase ocorreu a partir de 16 de abril atendendo a profissionais de forças de segurança, pessoas com doenças crônicas, caminhoneiros e outros segmentos. A 3ª fase, de 11 de maio a 5 de junho, cobriu pessoas de 55 a 59 anos, crianças de 6 meses a 6 anos, gestantes, pessoas com deficiência e professores. A estimativa da equipe do ministério é que 77,7 milhões de pessoas sejam imunizadas até o fim da campanha. O investimento totalizou R$ 1 bilhão.

Fonte: Agência Brasil

Jota Edilson

Comentários

GF AUTO CENTER