Terra-Bit

Médicos temem pressão para prescrever cloroquina contra Covid-19

  Centenas de médicos em todo o país, no entanto, vêm se unindo a favor do uso precoce da cloroquina em manifestos como o Médicos pela Vida na [...]

Por Rogério Magno em 19/05/2020 às 16:46:08

 

Centenas de médicos em todo o país, no entanto, vêm se unindo a favor do uso precoce da cloroquina em manifestos como o Médicos pela Vida na Covid-19, uma plataforma que estimula o apoio à prescri√ß√£o do medicamento via grupos de WhatsApp.

No Recife, outro grupo de médicos autodenominado Doutores de Verdade passou a ser investigado em sigilo pelo Conselho Regional de Medicina de Pernambuco por distribuir cloroquina em comunidades pobres.

Segundo a médica de família Rafaela Pacheco, o grupo chegou a promover "caravanas de doa√ß√Ķes" da droga em atendimentos sem prontu√°rios médicos. "Isso se espalhou para Caruaru e Petrolina [no interior] sob a alega√ß√£o do sucesso da experiência no Recife", diz Pacheco.

Entre as promotoras do grupo est√° a deputada estadual Clarissa Tércio (PSC-PE), ferrenha apoiadora de Bolsonaro e de manifesta√ß√Ķes contra o isolamento social. Procurada pela reportagem, ela n√£o respondeu.

Em outros estados, como Piauí e Maranh√£o, os próprios conselhos regionais de medicina chegam a apontar dosagens específicas para o uso da cloroquina em pacientes com coronavírus.

Em Pernambuco, a rede privada Unimed incluiu o medicamento no protocolo geral de atendimento de pacientes, medida tomada também em outros estados.

No documento distribuído a seus profissionais, a SBMFC afirma que v√°rias pesquisas e "uma centena de estudos prim√°rios permite concluir que as evidências disponíveis no momento n√£o s√£o suficientes para recomendar o uso de hidroxicloroquina, cloroquina, azitromicina ou suas associa√ß√Ķes no tratamento da Covid-19".

Segundo Denize Ornellas, diretora da SBMFC, a "polariza√ß√£o política no país invadiu a esfera médica" nessa quest√£o. Ela afirma que a decis√£o da entidade pela divulga√ß√£o do documento serve para tentar "blindar" os profissionais que n√£o quiserem prescrever a droga.

Ornellas teme, no entanto, que sem leitos de UTI e com o governo federal recomendando intensamente a cloroquina, muitos pacientes acabem exigindo o medicamento. "Em vez de ajudar, a cloroquina usada precocemente pode causar problemas que n√£o existiam", diz.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta previu que o uso indiscriminado da cloroquina poder√° aumentar o número de mortos pelo novo coronavírus em casa.

Em contraposi√ß√£o, o grupo Médicos pela Vida na Covid-19 afirma que, "no Brasil, ainda estamos incrivelmente apegados à ideia equivocada, preconizada no início da pandemia: agir com isolamento social e restringir o tratamento medicamentoso apenas para casos mais graves (¬Ö) enquanto que boa parte do mundo j√° reconheceu o equívoco terapêutico inicial e passou a estabelecer o uso medicamentoso bem precoce".

Segundo o artigo 113 do Código de Ética Médica, do Conselho Federal de Medicina, é proibido "divulgar, fora do meio científico, processo de tratamento ou descoberta cujo valor ainda n√£o esteja expressamente reconhecido cientificamente por órg√£o competente".

Até agora, com base nas pesquisas disponíveis, esse continua sendo o caso do uso da cloroquina para o tratamento da Covid-19.

Fonte: Banda B

Jota Edilson

Coment√°rios

GF AUTO CENTER