E-RN 800x105

Corpo com marcas de tiros é encontrado boiando no rio Potengi em Natal; irmãos reconhecem homem desaparecido há dois dias

Por Rogério Magno em 12/01/2021 às 12:41:20
Segundo peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia, há marcas de tiro na altura da cabeça. Homens reconheceram irmãos pelas tatuagens com os nomes dos pais. Corpo de homem de 26 anos foi encontrado boiando no Rio Potengi, em Natal.

Ayrton Freire/Inter TV Cabugi

O corpo de um homem foi encontrado boiando, na manhã desta terça-feira (12) no Rio Potengi, na altura do Passo da Pátria, na Zona Leste da cidade. Familiares que estavam na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para registrar o desaparecimento do pedreiro Roney Roberto Bezerra da Silva, de 26 anos, desde o domingo (10), foram ao local e reconheceram o corpo como sendo o dele.

O corpo foi encontrado entre 8h e 9h, boiando no rio, e foi tirado da água e colocado na Pedra do Rosário pela equipe do Corpo de Bombeiros acionada ao local. De acordo com peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia, há marcas de tiros no corpo, principalmente na altura da cabeça.

Dois homens que estavam na delegacia para registrar o desaparecimento de um irmão deles foram até o local e reconheceram o corpo como o de Roney, desaparecido desde o último domingo (10). Eles identificaram o rapaz pelas tatuagens com os nomes dos pais. "Não tenho dúvidas que é ele. Tem as tatuagens com o nome do meu pai e da minha mãe", disse um irmão.

De acordo com os familiares, Roney era solteiro e morava na Zona Norte, sendo o mais novo de quatro irmãos. De acordo com familiares, ele não entrou mais em contato desde o domingo (10) e a última localização do seu celular apontava para a comunidade do Mosquito, no bairro das Quintas, naquele dia. Ainda de acordo com os irmãos, o homem era usuários de maconha.

O corpo foi recolhido pelo Itep e a investigação sobre o caso fica sob responsabilidade da Polícia Civil.

Fonte: G1

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários

GF AUTO CENTER