E-RN 800x105

Portugal bate recorde de mortes por Covid pelo 5º dia, passa de 600 mil infectados e fecha escolas

Por Nilton Macedo em 22/01/2021 às 15:52:35
País registrou mais de mil mortes desde segunda, mais de 10% do total de vítimas de toda a pandemia. Recorde diário da 1ª onda foi de 37 óbitos. Ambulâncias que transportam pacientes com Covid-19 do lado de fora de hospital em Lisboa, Portugal, durante a pandemia do novo coronavírus, em 22 de janeiro de 2021

Pedro Nunes/Reuters

Portugal registrou recorde de mortes por Covid-19 pelo quinto dia seguido e passou de 600 mil infectados nesta sexta-feira (22), segundo números oficiais do governo.

Foram 234 novos óbitos e 13.987 casos confirmados nas últimas 24 horas, o que elevou o total de vítimas para 9.920 e o de infectados para 609.136.

O país registrou mais de mil mortes desde segunda, mais de 10% do total de vítimas de toda a pandemia.

Na “primeira onda” da pandemia, entre março e abril, o recorde de óbitos em 24 horas foi de 37 vidas perdidas.

Escolas fechadas

O país de 10,3 milhões de habitantes já está sob lockdown desde a semana passada, e o governo português decidiu fechar todas as escolas do país a partir de desta sexta-feira, por 15 dias.

Com recorde de mortes, Portugal fecha instituições de ensino

O primeiro-ministro português, António Costa, culpa a nova variante do coronavírus descoberta no Reino Unido para a explosão de casos e mortes.

“Em uma semana a nova variante se espalhou rapidamente”, afirmou o premiê em uma coletiva de imprensa. “Esta nova realidade requer novas medidas”.

As cantinas das escolas seguirão abertas para as crianças pobres e os pais de filhos menores de 12 anos receberão autorização para faltar no trabalho e receberão o equivalente a 66% do salário no período.

A Igreja Católica anunciou na quinta-feira (21) a suspensão de todas as cerimônias religiosas no país devido “à extrema gravidade” da pandemia.

Veja os vídeos mais assistidos do G1

Fonte: G1

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários