TerraBit Tec

Após nova alta do diesel, caminhoneiros ameaçam parar

Por Rogerio Magno em 12/05/2022 às 22:50:35
Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Depois de mais um reajuste no preço do diesel e anúncio pelo governo Bolsonaro de que pretende privatizar a Petrobras, caminhoneiros cogitam uma paralisação nacional.

O presidente da Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landi, convocou uma reunião com outros representantes dos caminhoneiros para o próximo domingo, 15, com o objetivo de decidir sobre uma greve nacional da categoria.

Na última segunda-feira, 9, a Petrobras anunciou aumento de 8,87% nas refinarias. O último reajuste ocorreu há menos de dois meses.

A nota do líder da Abrava foi divulgada após o novo ministro das Minas e Energia, Adolfo Sachsida, dizer que recebeu sinal verde de Bolsonaro para desestatizar a Petrobras, incluindo o pré-sal.

"O problema que precisa ser enfrentado agora é a política de preços da Petrobras. O povo não aguenta mais nenhum aumento de gasolina, gás de cozinha e as consequências dos aumentos sequenciais do óleo diesel", declarou Landi.

Fonte: Com informações do portal UOL

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários