cnrn

Google anuncia investimento bilionário em cloud e energia renovável

Por Nilton Macedo em 01/09/2021 às 13:30:39

A gigante de tecnologia Google informou nesta terça-feira (31) que irá investir 1 bilhão de euros (R$ 6,13 bilhões na cotação atual) em computação em nuvem e energia renovável na Alemanha. O montante será feito ao longo dos próximos anos, até 2030, prevê o grupo, por meio de comunicado.

O investimento será em conjunto, visto que a computação em nuvem demanda naturalmente muita energia para a infraestrutura de data center o que, consequentemente, traz um enorme impacto ambiental.

Para mitigar esse impacto, a empresa também investirá em energia renovável, para dar o suporte necessário para que a tecnologia funcione.

Google fará investimento bilionário em energia renovável e computação em nuvem. Imagem: L.O.N Dslr Camera
Google fará investimento bilionário em energia renovável e computação em nuvem. Imagem: L.O.N Dslr Camera

Atualmente, o Google possui quatro operações na Alemanha (Berlim, Frankfurt, Hamburgo e Munique). Segundo informações da AFP, o objetivo é expandir o data center localizado em Hanau, na região de Frankfurt, no oeste da Alemanha, que já possui 10 mil m2.

Além disso, a empresa pretende criar uma unidade de armazenamento de dados em Brandenburg, na região ao redor de Berlim.

O investimento nas infraestruturas de energias renováveis (solar e eólica) irá alimentar 80% da sua exploração e contará com uma parceria com a subsidiária alemã do grupo francês Engie, que entregará um total de 140 megawatts de energia verde.

“É um passo importante para alcançar nossa meta de descarbonização até 2030”, diz um trecho da nota.

Leia mais!

Armazenamento de dados em nuvem versus energia

O armazenamento de dados em nuvens é muito criticado devido ao alto gasto de energia. A eletricidade que alimenta a nuvem, em sua maior parte, vem da queima do carvão – o que polui o meio ambiente.

Usar a energia renovável em contrapartida é uma solução que empresas estão investindo nos últimos tempos para garantir uma tecnologia limpa.

O Facebook, por exemplo, anunciou em abril deste ano que conseguiu atingir sua meta de ter todas as operações alimentadas por energia 100% renovável.

O objetivo foi traçado e anunciado em 2018 para ajudar no combate às mudanças climáticas no planeta. Desde 2017, a companhia utilizava energia limpa e renovável em mais da metade de suas operações.

Para alcançar a meta, o Facebook realizou grandes investimentos no em energia renovável. A companhia possui acordos que preveem a oferta de 3 gigawatts de energia solar e eólica por ano.

Créditos imagem principal: Tada Images/iStock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Fonte: Olhar Digital

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários