cnrn

Abelhas podem ter matado pinguins ameaçados de extinção

Por Nilton Macedo em 19/09/2021 às 22:58:48

A vida dos pinguins da África do Sul já não era fácil, mas parece que piorou. A espécie ameaçada de extinção – ao ponto de virar até documentário da Netflix – perdeu 63 indivíduos, encontrados mortos dentro da colônia de Boulders, em Simon"s Town. Os suspeitos: abelhas.

De acordo com as autoridades sul-africanas responsáveis pelos parques nacionais (SANParks), as investigações preliminares sugerem que “os pinguins morreram por terem sido picados por um enxame de abelhas do Cabo”. As mortes ocorreram repentinamente, em algum momento entre a tarde da quinta-feira (16) e a manhã de sexta-feira (17).

Leia também:

Funcionários, consultores especializados e veterinários da Cidade do Cabo e especialistas em pinguins da Fundação da África Austral para a Conservação das Aves Costeiras estão analisando as aves mortas. Amostras biológicas foram enviadas para testes de doenças e toxicologia e nenhuma lesão física externa foi observada em qualquer um dos pinguins.

“As autópsias revelaram que todos os pinguins tinham várias picadas de abelha, e muitas abelhas mortas foram encontradas no local onde os pássaros morreram”, afirma o comunicado oficial. Um pinguim morto também foi encontrado na praia de Fish Hoek, com várias picadas de abelha.

Ameaçados de extinção, os pinguins africanos são os protagonistas do documentário 'Cidade dos Pinguins'. Imagem: Netflix/Divulgação
Ameaçados de extinção, os pinguins africanos são os protagonistas do documentário "Cidade dos Pinguins". Imagem: Netflix/Divulgação

De acordo com o Dr. Alison Kock, biólogo marinho do SANParks, “não foram encontrados mais pinguins africanos mortos no local e continuaremos monitorando a situação”. Adaptados ao calor, os pinguins africanos são capazes de percorrer longas distâncias e a cada verão, e costumam ocupam as areias (e as calçadas) de Simon"s Town nesta época do ano. A área é um parque nacional e as abelhas do Cabo fazem parte do ecossistema.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Fonte: Olhar Digital

Comunicar erro
Jota Edilson

Comentários